Espaços urbanos

Espaços urbanos
Ponte do Fandango - foto Mireila Moro

domingo, 10 de novembro de 2013

Dr. Balthazar de Bem e Fábio Leitão: 89.º aniversário de falecimento

               Os ânimos estavam acirrados em 1924 em todo o país. Revoltados com a política oligárquica do presidente Arthur Bernardes, os militares começaram um movimento na cidade de São Paulo, com forte influência sobre o Exército no Rio Grande do Sul.
          Em Cachoeira, alguns militares do 3.º Batalhão de Engenharia, comandados pelo capitão Fernando do Nascimento Fernandes Távora, protagonizaram o levante do Barro Vermelho, episódio ocorrido no dia 10 de novembro de 1924 e que entrou para a história por ter tirado a vida do Dr. Balthazar de Bem, um dos mais influentes políticos de Cachoeira no primeiro quartel do século XX, médico humanitário, empresário e empreendedor. Neste mesmo episódio, pereceu o jornalista Fábio Alves Leitão, simpatizante das ideias dos revoltosos.

Dr. Balthazar de Bem - fototeca Museu Municipal

              Balthazar de Bem, alvejado por um tiro, faleceu a caminho do socorro. Antes preveniu aos que o socorreram que não sobreviveria. Como médico, percebeu a gravidade do seu ferimento. O jornalista Fábio Leitão, que recebeu vários tiros no abdômen, só teve o corpo resgatado cinco dias depois.

Fábio Alves Leitão - acervo família Leitão


                

Nenhum comentário:

Postar um comentário