Espaços urbanos

Espaços urbanos
Nossa Senhora abençoa o Centro Histórico - foto Renato F. Thomsen

domingo, 20 de julho de 2014

Plátanos na Rua Júlio de Castilhos

O Dr. Balthazar de Bem, Intendente Municipal, mandou vir de Buenos Aires, Argentina, no inverno de 1913, mudas de plátanos para que fossem plantadas ao longo da Rua Júlio de Castilhos e também nas ruas previstas para serem abertas, naquele mesmo ano, no recém-criado Bairro Rio Branco, ou seja, as ruas Comendador Fontoura e Marechal Floriano. É provável que os plátanos que ainda existem na Rua Presidente Vargas, anteriormente chamada de Rua Venâncio Aires, caminho para o Bairro Rio Branco, tenham sido da partida de mudas argentinas. 

Cartão-postal mostrando plátanos na Rua Júlio de Castilhos
- fototeca Museu Municipal
Plátanos na Rua Venâncio Aires, hoje Presidente Vargas
- fototeca Museu Municipal

Em setembro de 1913 a imprensa noticiava estar concluída a plantação.
Os plátanos da Rua Júlio de Castilhos desapareceram. Aliás, esta é uma das nossas ruas menos arborizadas. Mas muitos plátanos ainda estão lá no Bairro Rio Branco, e a julgar pela circunferência de seus troncos, podem muito bem ser os mesmos plantados há 101 anos!

Plátanos junto ao Banrisul - foto Jorge Ritter
Rua Presidente Vargas - plátanos junto ao extinto Hotel do Comércio
- foto Eduardo Minssen


2 comentários:

  1. Não gosto dessa árvore, dá uma impressão de melancolia na paisagem!

    ResponderExcluir
  2. Eu já vejo nelas ares de paisagem europeia!
    Abraço.

    ResponderExcluir