Espaços urbanos

Espaços urbanos
Igreja Santo Antônio - foto Mário H. Kämpf

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Água e esgoto em Cachoeira - primeiras instalações domiciliares

         A edição de 2 de novembro de 1921 do jornal O Comércio (1900-1966) noticiava que  “a Intendência Municipal, pela seção competente, tem atendido a grande número de pedidos de ligações à rede hidráulica municipal. Até sábado último, deram entrada à Intendência os seguintes requerimentos de ligações: Heitor Gomes Martins, Dr. José Felix Garcia, Jeronymo Carlos Brandes, Pedro Port & Cia., Oswaldo Carneiro Pinto, Cap. Francisco Gama, José Dini, Francisco Timóteo da Cunha, Leopoldo Rangel, Rodolfo Homrich, Dr. Milan Kras, José Gomes de Oliveira, Albino Schaurich e José Carlos Barbosa.” Estes nomes eram expoentes no comércio, na indústria, na política e na área da saúde.

Canalização da Rua 7 de Setembro


            Em outubro de 1925, quando a segunda hidráulica já se encontrava em funcionamento, estendendo o abastecimento de água para a zona norte da cidade, muitas solicitações de ligações domiciliares de água e esgoto foram feitas. A zona de esgotos abrangia toda a área edificada da cidade, com exceção dos trechos aquém da Rua Félix da Cunha e de partes da zona alta além da Rua Juvêncio Soares.

Reservatório R2 - 2.ª Hidráulica


O Vice-intendente em exercício, Dr. João Neves da Fontoura, mandou publicar no mesmo jornal, edição do dia 7 de outubro de 1925, o Decreto n.º 214, de 1.º de outubro de 1925, em que concedia o prazo de quatro meses, improrrogáveis, para a execução, sem multa, das instalações domiciliares de águas e esgotos dentro da zona servida pela rede.

A onda de instalações domiciliares abriu espaço para vários profissionais e empresas que ofereciam seus serviços. E a instalação do serviço de água e esgoto, obra que não atrai os políticos de nossos dias porque não é aparente, foi certamente responsável por um impulso fabuloso no crescimento e desenvolvimento urbano de Cachoeira. Pensamento prospectivo daquele que foi um dos maiores políticos que atuaram nesta terra: João Neves da Fontoura.

João Neves inaugurando a segunda hiidráulica - 1925
Fotos: acervo do Museu Municipal de Cachoeira do Sul - Patrono Edyr Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário