Espaços urbanos

Espaços urbanos
Centro Histórico - foto Renato Thomsen

sábado, 8 de outubro de 2011

Charles Kiefer - Patrono da 27.ª Feira do Livro de Cachoeira do Sul

   A Praça José Bonifácio foi palco da abertura da 27.ª Feira do Livro de Cachoeira do Sul e da alegria dos cachoeirenses que participaram e puderam assistir momentos de pura emoção e arte, através dos talentos de João Gabriel da Silva, que entoou o Hino Nacional Brasileiro acompanhado pelo pai Eurico Silva ao violão, da apresentação do Coral SIFALÁ, orgulho da cidade, e da performance sensacional do radialista João Ferreira, que interpretou trechos de um conto de Charles Kiefer, patrono desta edição da Feira.

   Ao chegarem à Praça, os cachoeirenses foram recepcionados pela banda do 3.º Batalhão de Engenharia, parceira da Feira do Livro de longo tempo.Também a Ponte de Pedra está presente na Feira, exibida em fotos que documentam o movimento comunitário em favor de sua reconstrução. Trabalho primoroso de várias mãos, lideradas na mostra pela arquiteta Elisabeth Thomsen, organizadora, e por Renato Thomsen, fotógrafo oficial do grupo.

   Charles Kiefer, o patrono, com raízes cachoeirenses nos quatro costados, relembrou histórias do tempo de seus avós, quando viviam em Cachoeira, e de sua primeira tentativa de vender livros na cidade, quando tinha 17 anos. Foi durante a IV FENARROZ, em 1976. Não vendeu nenhum. Ao fim do dia, desiludido, foi procurado pela então jornalista do Jornal do Povo, Célia Maria Maciel, hoje consagrada poetisa cachoeirense, que comprou um exemplar. Único e emblemático para um escritor que hoje vende na casa das centenas de milhares. Das memórias passou à literatura (ou vice-versa?) e discorreu para um público eclético, na maioria composto por alunos, aliás o público preferido do escritor que, antes de mais nada, é professor, sobre "Escrita criativa, uma revolução educacional".

Charles Kiefer, patrono diplomado pela chefe da Biblioteca e
organizadora geral da Feira, professora Jussara Bohrer Ortiz
   Como que para dar o tom especial à noite e não fugir à regra, a chuva chegou. Que vá embora logo, pois a Praça merece estar linda e iluminada pelo sol e pela luz que emana dos livros.

   Visite a 27.ª Feira do Livro de Cachoeira do Sul. Você não irá se arrepender!

Imagens: Cristianno Caetano,assessoria de comunicação do Núcleo Municipal da Cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário