Espaços urbanos

Espaços urbanos
Igreja Santo Antônio - foto Mário H. Kämpf

sábado, 8 de setembro de 2012

Semeadura em setembro

       A publicação Cachoeira Histórica e Informativa, de Vitorino e Manoel Carvalho Portela, lançada em 1941, traz diversas informações sobre a história, a economia, a vida social, cultural e religiosa da cidade. Traz também um capítulo de dados e informações de utilidade geral, como o que segue, referindo-se ao mês de setembro.
         Setembro – preparam-se as terras para vários plantios. Plantam-se milho, arroz, feijão, lentilhas, ervilhas, algodão, cana, cânhamo, tremoços, amendoim, mandioca, batatas doces e inglesas, abóboras, melancias, melões, pepinos, cacau.
Arroz

Semeia-se fumo para transplantar em outubro. Ainda se semeia alfafa, afrouxando-se a terra desta planta. Cuidam-se, nas árvores frutíferas, dos brotos que começam a aparecer.
Na horta, transplantam-se as mudas de tomateiros, alcachofras, acelgas, alface repolhuda, aipo, agrião, azedinha, beterraba, chicória, couves, manjerona, mostarda, melancias, melões, nabos, pepinos, pimentas, quiabos, rabanetes, repolho, salsa, etc.
Alface
Semeiam-se quase todas as flores anuais. Começa-se a enxertar (de borbulha) laranjeiras e outras árvores frutíferas.
Laranjeira
Ainda se podem plantar estacas de oliveiras. Põem-se em terras as batatas de dálias, dividindo-as ou separando-as de modo que cada uma delas fique com uma parte de lenho ou haste do ano antecedente, porque a batata que não tiver uma parte desta haste morrerá.
Dália
Mãos à obra, que setembro está só no começo! 

Imagens: Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário