Espaços urbanos

Espaços urbanos
Inverno em Cachoeira - foto Mateus Rosada

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Hospital de Caridade e Beneficência - segundo prédio

        O primeiro prédio do Hospital de Caridade, hoje Escola Profissional da Saúde, esgotou-se rapidamente em sua oferta de espaço físico, equipamentos e serviços para atender à demanda da cidade.
Primeiro prédio do Hospital - 1910

           Em junho de 1925, quando Ernesto Müller presidia o Hospital, a diretoria reuniu-se para discutir a construção de um novo prédio, destinando-se o antigo, ou primeiro, a abrigar e atender aos doentes portadores de moléstias contagiosas, o chamado isolamento. Dez anos depois, em reunião acontecida no dia 16 de setembro, a maioria dos membros da então diretoria aprovou como local para construção do novo hospital a Praça Itororó, doado pela Intendência com esse fim.
            Para a construção do novo Hospital foi aberta uma concorrência pública e em junho de 1937 a proposta apresentada conjuntamente por Costa & Hartmann e Theo Wiederspahn, de Porto Alegre, teve parecer favorável do Capitão José Diogo Brochado, relator da comissão de estudos de projetos. Em dezembro daquele ano houve a lavratura do contrato de construção com a firma Schuetz & Matheis, de Santa Cruz. Era provedor Edwino Schneider. Em 9 de janeiro de 1938 aconteceu a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do segundo prédio do hospital na Praça Itororó.
Segundo prédio em construção - coleção Claiton Nazar
Vista dos fundos do prédio - coleção Família Gressler

Frente do segundo prédio - fototeca Museu Municipal

Fonte: Cachoeira do Sul em busca de sua história, de Angela S. Schuh e Ione M. S. Carlos, Martins Livreiro - Editor, 1992.

Nenhum comentário:

Postar um comentário